Follow by Email

segunda-feira, 7 de abril de 2008

post-poema 2 - Redenção


De longe o meu recanto preferido de Porto Alegre:
Segundo as autoridades é o Parque Farroupilha.
Pro povo, antes mesmo de ser parque, é a Redenção.

2 comentários:

Liziê disse...

Esse foi o primeiro que me mostrasses!
Nunca esqueço da função "mato vs natureza". Lembra?
"Mato é redenção,
natureza fica mais para Parque Farroupilha."
Bem guri de Porto mesmo.
E é isso que dá alma ao poema.
:)

Renato de Mattos Motta disse...

Claro que me lembro!

O palpite de trocar "mato" por "natureza" veio de pessoa ilustre e gabaritada: o amigo e excelente poeta Cairo Trindade. Mas - guardando todo o respeito e a amizade que tenho por ele - continuo achando que a Redenção é mato.

Obrigado, Liziê! Beijão!